Ep.04 Criação sem Cor - Enfermeiro Nietzsche.

Retina Repressora do Pleno Vislumbrar.

O mais talentoso dos Pintores, inevitavelmente limitada estará suas obras. 

Retina Repressora do Pleno Vislumbrar.
Utópica Perspectiva - Dido 2020

Todos seus quadros, sem exceção, não terão cores diferentes, das múltiplas combinações das tintas básicas que possui.

Contemplando seus quadros, ele decide então colocar em molduras pomposas, os selecionados como belos.

Diz ele em seu interior. Estes são os belos, são minhas obras primas.

Alguns, seu olhar, deixa-os por anos, empoeirados, empilhados em seu ateliê.

A outros, olhando diz o pintor. Estes não agradaram meus olhos, são condenados ao fim.

Pobres olhos, incapazes de perceber que todos estão contaminados. A base utilizada no belo, construíram os não belos. Seu olhar separa sua própria tinta.

Reflita, Senhor:

Seria insano, eu lhe dizer?

Que, os meninos, os pintores, os filósofos, não importam quais os talentos que seguem. O que nos limita, é a base?

Senhor, nos últimos meses, tenho observado meus pensamentos, tendem a combinar experiências e definições já vividas, utilizando como base, na construção de novas definições, ampliando assim a própria base, com as quais constrói outras, nada vem do nada, nada vem de fora. Sempre assim é como tenho observado.

Este movimento forma sulcos profundos, utilizados como caminho, um identificador, para criação do próximo pensamento.

Pensamentos nascem espontaneamente, evaporam-se em seguida, surgindo já outro vinculado ao antecessor. Repetidamente é assim que observei.

Sulcos Profundos - Dido 2020

Observar pensamentos. está sendo meu passatempo preferido.

Os sons, as letras, as falas, não surgem. Tudo que surge são imagens.

Estou desconfiado:

Que pensamentos, são conjuntos de imagens, formando as experiências e definições.

Vou observar até concluir seu modo operante. 
Pensamento e pensar

Talvez isto, seja mais relevante aos estudos do senhor.

Observando minhas definições sobre Deus, comparei com várias outras definições.

Não importaram quais comparei. As imagens sempre eram construídas pelas combinações dos mesmos sulcos que formam todas. Idênticas. Iguais. Surgindo e evaporando, como todas as outras.

(Pensar o não pensado -incolore-creare )

Próximo Episódio: Mágico das Mãos furadas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nietzsche - Os valorosos Medíocres.

O Viciado Nietzsche

A Mulher