"Deus está morto" Nietzsche Também

"Todos os deuses morreram; agora viva o Super−homem!" Friedrich Nietzsche



Imagem de Arek Socha

"Pois por que − disse o santo − vim eu para a solidão? Não foi por amar demasiadamente os homens? Agora amo a Deus; não amo os homens. O homem é, para mim, coisa sobremaneira incompleta. O amor pelo homem matar−me−ia". Friedrich Nietzsche

"Zaratustra, porém, ao ficar sozinho falou assim ao seu coração: Será possível que este santo ancião ainda não ouviu no seu bosque que Deus já morreu?" Friedrich Nietzsche

"Paz com Deus e com o próximo; assim o quer o bom sono. E também paz com o diabo do próximo, senão, atormentar−te−á de noite." Friedrich Nietzsche

"Noutros tempos, blasfemar contra Deus era a maior das blasfêmias; mas Deus morreu, e com ele morreram tais blasfêmias. Agora, o mais espantoso é blasfemar da terra, e ter em maior conta as entranhas do impenetrável do que da terra." Friedrich Nietzsche

"Este deus que eu criei era obra humana e humano delírio, igual a todos os deuses." Friedrich Nietzsche

"Zaratustra também se não enfada com o que sara quando este olha com carinho as suas ilusões, e vai à meia−noite rodear a tumba do seu Deus; mas as suas lágrimas continuam sendo para mim enfermidade e corpo enfermo." Friedrich Nietzsche
"Eu só poderia crer num Deus que soubesse dançar." Friedrich Nietzsche

"Agora sou leve, agora voo: agora vejo por baixo de mim mesmo, agora salta em mim um Deus". Friedrich Nietzsche

"Fique−se também por lá bem longe de mim esse Deus que vem coxeando abençoar aquilo que não uniu!" Friedrich Nietzsche

O livro "Assim falou Zaratustra" narra as andanças e ensinamentos de um filósofo, que se autonomeou Zaratustra após a fundação do Zoroastrismo na antiga Pérsia. Para explorar muitas das ideias de Nietzsche, o livro usa uma forma poética e fictícia, frequentemente satirizando o Velho e Novo Testamento.
Also sprach Zarathustra: Ein Buch für Alle und Keinen é o titulo da obra em Alemão. Zaratustra contém a famosa frase Gott ist tot ("Deus está morto"). Wikipédia

Deus é citado por Nietzsche, 170 vezes em Assim falou Zaratustra.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Nietzsche - Os valorosos Medíocres.

A Mulher

O Viciado Nietzsche